Serviços Prestados

A Casa de Repouso Roseiral do Monte presta os seguintes serviços aos seus utentes:

  • Estadia

    • Todos os quartos (duplos, individuais e de casal), estão equipados com casa de banho, aquecimento central, TV, telefone, e intercomunicador. O Lar Dispõe de todas as condições de conforto, espaço e enquadramento no meio envolvente, e está equipado com todos os materiais e aparelhos de segurança específicos exigidos.

  • Roupa

    • Tratamento e roupa pessoal e de cama. Relativamente à roupa pessoal, aquando da admissão na Casa de Repouso, esta deverá vir toda marcada, em conformidade com a indicação dada pelos serviços. O utente deve entregar a sua mortalha aquando da entrada no Lar. A lavagem, arranjos, engomadoria e arrumação, são executadas pelo pessoal do Lar. Quando se observar alteração com a roupa do utente, deve a família de providenciar novas peças.

  • Alimentação

    • As ementas são afixadas semanalmente, e elaboradas de modo a responder às necessidades dos utentes. A existência de dietas especiais terá lugar em caso de prescrição médica. Para além do refeitório geral que se situa no Piso 0, as refeições são servidas nos quartos ou salas, sempre que o estado de saúde do utente assim o exiga.

  • Cuidados de Saúde

    • Os utentes têm direito a assistência de Medicina Geral e de Enfermagem nas instalações da Instituição, em horário acordado pelas partes. Serão operacionalizadas condições para atendimento no exterior em consultas, tratamentos e meios auxiliares de diagnóstico, na sequência dos termos da avaliação feita pela equipa ao serviço da Instituição. Os cuidados médicos e de enfermagem considerados urgentes, serão satisfeitos pela Instituição sempre que necessário.

  • Higiene Pessoal

    • São proporcionados aos utentes os cuidados fundamentais que asseguram uma higiene pessoal adequada.
  • Vigilância

    • 24 horas por dia, durante a sua permanência no Lar.

  • Animação e Recreação

    • Com o objectivo de tornar a vida do idoso mais agradável, minimizando o seu isolamento e inactividade, realizam-se actividades de animação sócio-cultural.

  • Comunicação com o Exterior

    • Os idosos são incentivados a se relacionarem com grupos e estruturas da organização social local, bem como a comunicarem com familiares, vizinhos e outros. Todas as entradas e saídas de utentes, devem ser combinadas previamente e registadas no livro de ocorrências. Os utentes podem sair à rua durante o dia, desde que tenham o parecer médico favorável.